:Edição: 316- sexta-feira, 23 de novembro de 2012 - 21:17

 

IV Marchador Fest

Edição 2012, que teve copa de marcha, leilão e inauguração do Museu Nacional, foi realizada em Caxambu e Cruzília/MG

Como parte das festividades do IV Marchador Fest, a ABCCMM promoveu diversas atividades no Sul de Minas.  Nos dias 15 e 16 de novembro de 2012, ocorreu a Copa da Marcha Barão de Alfenas, em Caxambu (MG). Dia 16, à noite, no Hotel Glória, na mesma cidade, aconteceu o IV Leilão de Elite Marchador Fest – Barão de Alfenas.
No dia seguinte, na Praça da Matriz, em Cruzília (MG), houve as solenidades de inauguração do Museu Nacional do Mangalarga Marchador com a chegada da Cavalgada Raízes e pocket show com Neguinho da Beija-Flor e bateria. Ainda na noite do dia 17, ocorreram as festividades de premiação do IV Marchador Fest. Confira a seguir, em detalhes, cada uma das atividades programadas.

 

Copa de Marcha

O Parque de Exposições da cidade de Caxambu sediou a Copa de Marcha Barão de Alfenas. A disputa, que aconteceu nos dias 15 e 16 novembro, reuniu 70 animais inscritos, em dez categorias.
Julgada pelo árbitro Paulo Henrique Rocha Lobo, a competição teve como o Campeão dos Campeões de Marcha, Garoto do Haras Alice, do criador Carlos do Carmo Andrade Melles, Haras Diamantina, em São Sebastião do Paraíso (MG). Entre as fêmeas, Delícia do Círculo D, de Délio Naves Barbosa, da Fazenda Primavera, em Boa Esperança (MG) sagrou-se a Campeã das Campeãs de Marcha.  

 

Leilão de Elite Barão de Alfenas

            O Leilão de Elite Barão de Alfenas também fez parte das festividades. Realizado na noite de 16 de novembro, no Hotel Glória, Caxambu (MG), o remate ofertou animais criteriosamente selecionados pela leiloeira Tríplice Eventos, todos chancelados pela ABCCMM. 
Ao todo foram vendidos 39 lotes, com média de R$ 64.102,56 e total de R$ 2.500.000,00. O animal mais valorizado do leilão foi a fêmea Oba Oba Elfar.

 

Inauguração do Museu Nacional

As solenidades de inauguração do Museu Nacional do Mangalarga Marchador começaram no coreto da Praça da Matriz da cidade de Cruzília (MG), onde inicialmente houve a apresentação, muito aplaudida pelos presentes, do Coral do Sesiminas, regido pelo maestro Marco Antônio Maia Drumond. Posteriormente, ocorreu a chegada da Cavalgada Raízes, cujos integrantes portavam as bandeiras dos estados brasileiros. A Cavalgada deu uma volta na praça e encantou o público presente, as autoridades e os criadores do cavalo Mangalarga Marchador.
Em seguida, o presidente da ABCCMM, Magdi Shaat, foi chamado pelo cerimonial para seu discurso de abertura. Ele agradeceu a presença das autoridades que vieram para o evento, bem como os criadores e os cidadãos cruzilienses e das cidades no entorno do município. Disse se tratar de uma data histórica para o Mangalarga Marchador e entregou cartas para o secretário da Agricultura, Elmiro Nascimento, que na oportunidade representou o governador Antônio Anastasia e também para o diretor geral da Estrada Real, Baques Vladimir Carvalho. Em ambas as cartas, o presidente da ABCCMM pede que o Museu seja incluido formalmente no circuito cultural e turístico de Minas Gerais.
Dentre outras autoridades que estiveram no evento estavam também o prefeito de Cruzília, José Carlos Maciel de Alckmin, o deputado federal e secretário de Estado de Esportes e Juventude Eros Biondini, o deputado federal Carlos Melles, e os deputados estaduais Dalmo Ribeiro e Dilzon Melo.
Magdi Shaat citou o nome de todos os patrocinadores do Museu e fez um agradecimento especial a Ângela Gutierrez, presidente do Instituto Cultural Flávio Gutierrez (ICFG), responsável pela execução do projeto museológico. Segundo o presidente da ABCCMM, a inauguração do Museu Nacional do Mangalarga Marchador se configurava em “um marco de uma história feliz.”
O secretário de Agricultura do Estado, Elmiro Nascimento, discursou falando da importância do tripé café, leite e do Mangalarga Marchador para a cidade de Cruzília e região e disse que a inauguração do Museu iria perpetuar a história da raça Mangalarga Marchador para a cidade e também dos criadores locais. Finalizou seu discurso, comentando a participação da raça no desfile da Beija-Flor no próximo Carnaval, evento que, segundo ele, irá mostrar para o mundo as riquezas do Estado.

 

Selo comemorativo

Durante o cerimonial, houve o lançamento do selo personalizado do Museu Nacional do Mangalarga Marchador pelos Correios. O carimbo comemorativo havia sido lançado um dia antes em Belo Horizonte e passará a compor o Museu dos Correios, em Brasília (DF). O selo tem uma primeira parte que é uma carta comercial destacando a imagem da bandeira do Brasil e o ipê amarelo, que faz parte da flora brasileira, e, uma segunda parte, com a imagem da Casa da Bela Cruz, onde está localizado hoje o Museu.
Participaram das solenidades de obliteração (carimbação) do selo, que circulará na Agência Central dos Correios em Belo Horizonte, por 30 dias, o representante do Correios, Sandro da Costa Carvalho, o secretário da Agricultura, Elmiro Nascimento, Ângela Gutierrez, Baques Vladimir Carvalho, Carlos Melles e Eros Biondini. As primeiras réplicas do carimbo comemorativo couberam a Ângela Gutierrez, ao presidente da Fundação Barão de Alfenas, Marcelo Junqueira, a Pedro Venâncio, representante da marca Favacho, a Magdi Shaat, titular do Haras ElFar e ao criador Paulo Guilherme Monteiro Lobato, titular do Haras Conforto, representado pelo vice-presidente da ABCCMM Antônio Sérgio Quadros Barbosa.
Em seguida, o Clube do Cavalo de Cruzília prestou uma homenagem a Magdi Shaat por ter viabilizado o projeto, e a Marcelo Junqueira, que cedeu a casa onde funcionará o Museu.

 

Homenagem às fazendas pilares

Finalizando aa solenidades foram homenagedos 11 representantes das fazendas pilares da raça. Placas alusivas foram entregues a Maria Petronilha Ferraz Junqueira e familiares e a Flávio Henrique de Souza Meirelles e irmãos, representando a Boa Vista; José Carlos de Souza Junqueira e familiares, representando a Fazenda Porto; Raul Junqueira de Araújo e familiares e José dos Reis Meirelles Neto e familiares, representando a fazenda Cafundó; Francisco Darci Meirelles Junqueira e familiares, representando a Bela Cruz; Sílvio Júlio Junqueira Pereira e familiares e José Marcos Soares Reis e familiares, representando a Narciso; Nízia Aguiar Andrade e familiares, representando a Favacho; Alice Aguiar Junqueira e familiares, representando a Traituba; Maria Zélia de Arantes Meirelles e familiares, representando a Angaí; Rita Edméa de Andrade Meirelles e familiares, representando a Anghay; Luiz Antônio Junqueira de Andrade e familiares, representando a Campo Lindo; José Dario Meirelles Junqueira e familiares e Carlos Antônio Meirelles Junqueira e familiares, representando a Bela Vista e Sônia Campos Meirelles e familiares, representando a Fazenda Engenho de Serra.           

 

Show da Beija-Flor


Terminada a homenagem aos representantes das fazendas pilares da raça, a população de Cruzília presenciou um show à parte. Ao som da voz do intérprete Neguinho da Beija-Flor e diante da contagiante bateria da agremiação carioca, os associados, autoridades e público em geral ouviram com emoção o samba “Amigo fiel – do cavalo do amanhecer ao Mangalarga Marchador.

 

Projeto museográfico

Enquanto a Escola de Samba Beija-Flor encantava o público, autoridades, diretores da ABCCMM, representantes do ICFG, imprensa e criadores se deslocaram até a Casa da Bela Cruz, onde está instalado o Museu Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador.
Uma fita verde e amarela em laço na porta separava o esforço de anos a fio para a criação do Museu do sonho então prestes a ser realizado. Antes, a bênção do pároco de Cruzília, o Padre Dehon Vicente Ferreira. Terminada a cerimônia religiosa, Ângela Gutierrez e o presidente Magdi Shaat desataram o enlace. Estava oficialmente inaugurado o Museu Nacional do Mangalarga Marchador.
Por questões de segurança, as primeiras visitas foram restritas às autoridades, representantes da Fundação Barão de Alfenas, patrocinadores, diretores da ABCCMM e a imprensa. Uma multidão se formou na porta para adentrar o Museu. Foram formadas filas para que, aos poucos e em grupos, as pessoas pudessem ter acesso ao espaço.
O Museu surpreendeu a todos. Peças antigas, bem distribuídas nos seus diversos espaços – Recepção e as Salas Barão de Alfenas, Seleção Funcional, A Lida, O Cavalo, O Território e a sala ABCCMM – ganharam o requinte e sofisticação de uma obra moderna muito bem concebida. 
Totalmente restaurada, a antiga casa centenária da Bela Cruz ganhou painéis gigantescos contando através de uma linha do tempo a história do cavalo Mangalarga Marchador, desde a Coudelaria Real, passando pelas fazendas pilares e pela história da ABCCMM. Mutimídias e banners com a logomarca do Museu deram um toque de modernidade ao espaço.
O projeto de identidade visual e expografia ficou a cargo da agência New360, que também criou a logomarca do Museu. Consagrada nacionalmente por ganhar diversos prêmios, a New360 é a primeira agência mineira a ganhar um “Leão” no Festival de Cannes.
Terminada a inauguração oficial, autoridades, diretores da ABCCMM, representantes do ICFG, imprensa, pessoas que trabalharam na criação do Museu, além de alguns criadores se deslocaram para a Pousada Pouso do Barão, onde foi servido um almoço de confraternização. Na ocasião, o presidente Magdi Shaat discursou agradecendo o persistente trabalho da presidente do ICFG, Ângela Gutierrez, para a concretização do Museu e entregou-lhe em mãos uma réplica da fachada da casa da Bela Cruz. Emocionada, ela agradeceu ao presidente e a toda a Diretoria. Magdi Shaat, oportunamente, oficializou junto à Ângela Gutierrez o pedido de que o Instituto Cultural Flávio Gutierrez fosse a partir de então responsável pela manutenção do Museu.

 

Presença da Fiat Automóveis

A ABCCMM em parceria com a Fiat Automóveis S/A lançará no primeiro trimestre de 2013, dois veículos de uma série especial e limitada. Os modelos vêm com bancos e tapetes com a logo do Mangalarga Marchador, mais adesivos externos.
Quem participou das festividades do IV Marchador Fest teve a oportunidade de conferir uma pré-apresentação dos dois veículos. Um deles, o Fiat Strada Trekking Mangalarga Marchador, esteve estacionado em frente ao Hotel Glória, em Caxambu e o Fiat Strada Adventure Mangalarga Marchador, parado no interior do Hotel.
Funcionários da Fiat estiveram no local fazendo as primeiras inscrições de criadores e admiradores visando um cadastramento para quando os carros forem oficialmente lançados. Desde julho de 2012, a ABCCMM e a Fiat vêm trabalhando nesta parceria.  

 

IV Marchador Fest

O IV Marchador Fest, que aconteceu no dia 17 de novembro, no tradicional Hotel Glória, em Caxambu, Minas Gerais contou com a participação de criadores da raça Mangalarga Marchador de todo o Brasil.
Evento conhecido como o “Oscar” da raça, é uma realização da atual Diretoria da ABCCMM (Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador). A cerimônia foi aberta com a execução do Hino Nacional, seguida do discurso do presidente Magdi Shaat. Durante o pronunciamento, Magdi apresentou as conquistas, os números alcançados pela raça durante o seu mandato e apresentou os novos objetivos da entidade para os próximos anos.

 

 Fazenda Esperança

Durante a solenidade, foi firmado convênio entre a ABCCMM e a Obra Social Nossa Senhora da Glória – Fazenda Esperança. Com isso, funcionários, associados e pessoas ligadas à raça poderão usufruir dos benefícios da entidade.

A iniciativa partiu do presidente Magdi Shaat, após conhecer a obra da comunidade. O objetivo do acordo é a recuperação, educação e a reintegração sócio familiar de dependentes químicos por uso de drogas e álcool, jovens e adultos de ambos os sexos, pertencentes à “Família do Mangalarga Marchador”, compreendendo trabalhadores rurais, peões, tratadores, cuidadores e membros da família dos criadores associados.

Na avaliação do presidente da ABCCMM, Magdi Shaat, foi muito oportuna a formalização desta parceria por ocasião das solenidades do IV Marchador Fest. Assinaram o convênio Adalberto Calmon Barbosa, diretor de Projetos da Fazenda Esperança, e o secretário de Estado de Esportes e Juventude, Eros Biondini. 

“Esta ação se soma a outras da Associação visando um trabalho de responsabilidade social, que dará alento a pessoas da família do Mangalarga Marchador que necessitarem frequentar as comunidades terapêuticas que hoje abrigam dependentes químicos que lutam contra o vício das drogas e também do álcool. O trabalho da Fazenda Esperança é louvável e de extrema relevância social ao atingir 2.500 jovens em 63 comunidades. Também é de grande importância o trabalho do secretário Eros Biondini na sua atuação em parcerias com várias comunidades terapêuticas de recuperação de dependentes químicos no Brasil. Ele é hoje muito conceituado e uma referência na luta contra as drogas, o aborto e a pedofilia.”, destacou Magdi Shaat.

            Iniciada em Guaratinguetá (SP), a obra social da Fazenda Esperança no Brasil abrange os Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pernambuco, Sergipe, Ceará, Bahia, Rio Grande do Norte, Alagoas, Piauí, Distrito Federal, Maranhão, Acre, Amazonas, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Tocantins.

 

Homenagens e premiações

            O IV Marchador Fest homenageou criadores da raça Mangalarga Marchador e também as inúmeras personalidades que contribuíram e contribuem de forma decisiva para difusão da raça pelo Brasil e o mundo.
O evento foi finalizado em grande estilo. Após a premiação, os convidados conferiram de perto o show da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, comandada pelo interprete Neguinho da Beija-Flor. Na ocasião o sambista cantou várias vezes o samba “Amigo fiel- do Cavalo do Amanhecer ao Mangalarga Marchador”. A letra da música que traz a raça como tema no Carnaval 2013 já está na boca do povo.   
A escola ainda levou para o palco a porta-bandeira Selminha Sorriso, mestre-sala Claudinho e passistas da agremiação que interagiram com os presentes.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da ABCCMM.
Fones: 31. 3379.6140/6141 – e-mails: alexandre@abccmm.org.br; cleusa@abccmm.org.br; flavia@abccmm.org.br

 

 

 


 

 

Fale Conosco. Dê sua sugestão.()
cpd-abccmm-nla